domingo, 6 de março de 2016

Sumiço, Cirurgia Bariátrica e o Theo

Bom dia, meninas! Depois de 8 meses de sumiço do blog, vim pedir desculpas e explicar o motivo desse sumiço. Quem me acompanha no facebook, sabe que fiz uma cirurgia de redução do estômago, só operei em novembro de 2015, mas o processo para liberação da cirurgia, pelo plano, começou em junho do ano passado, tive que fazer palestras e consultas com psicologa, nutricionista, fisioterapeuta pulmonar, fora as consultas como o médico cirurgião que me operou e sua equipe, e nesse processo todo, eu ia ao médico, no mínimo 1 vez por semana. Quando acabei as consultas e palestras e estava com todos os laudos para mandar pro plano e pedir aprovação, o plano alegou que eu teria que comprovar que havia feito mais de dois anos de tratamento contra a obesidade, e eu tinha feito muito mais de dois anos, desde meus 21 anos, venho lutando contra o excesso de peso, a obesidade em todos os seus graus, mas como comprovar isso? Eu sou dessas (ou melhor, era) que não guarda comprovante de nada, todo ano fazia uma limpa e jogava um monte de papéis fora, e nesses papéis foram todos os comprovantes, enfim, tive que correr atrás de achar algum médico que tinha me atendido nesse período para conseguir um laudo, e como já havia mudado de plano, não foi tão fácil, mas consegui, no final de setembro, e minha cirurgia foi marcada para dia 05 de novembro, foi um misto de animação e medo que não sei explicar, mas persisti e fui em frente. Operei pelo método de Videolaparoscopia Bypass Y de Roux, correu tudo bem, graças a Deus, os primeiros dias não foram fáceis, por conta da alimentação, que era só líquida durante 18 dias, após esse tempo, passei para a alimentação pastosa, e finalmente, depois de 30 dias, alimentação sólida, em pouquíssima quantidade, mas segui corretamente a dieta e agora com 4 meses de operada, já consegui perder 30kg! Ainda faltam 20kg, mas a pior parte já passou. Operei com 116kg, e estou com 86kg, atualmente. Seguem algumas fotos de antes e depois pra vocês.










E tem um outro motivo pro sumiço também, rs. Minha irmã descobriu que estava grávida já com 3 meses, em abril do ano passado, e me convidou para ser madrinha do bebê, pouco depois descobrimos que seria um menino, Theo, a família toda estava em festa, pois lá em casa somos, meu pai, minha mãe, e 4 mulheres, e ele seria o primeiro neto. Fizemos um chá de bebê pra ele, que mais parecia uma festa de um ano, rs, aqui, todos gostamos de festa, kkk. Enfim, Theo nasceu em setembro, com muita saúde e lindo demais, e eu que sou tia e madrinha coruja, estou babando demais. Todo mês fazemos mêsversário pra ele. Vou postar algumas fotos!!













quinta-feira, 2 de julho de 2015

100 anos de beleza... Para todas!!

Postei aqui, há um tempo atrás, um vídeo que mostrava 100 anos de padrão da beleza feminina, e depois dele, surgiram outros vídeos com mulheres de nacionalidades diferentes. Achei bem interessante, por isso, trouxe pra vocês.

















domingo, 10 de maio de 2015

Mãe Pin-up

Nesse dia das mães, quero desejar a todas as leitoras mamães, um ótimo domingo. Separei pra vocês algumas fotos de mamães pin ups pra vocês se inspirarem.








domingo, 3 de maio de 2015

Dicas de organização da cozinha

Se tem uma coisa chata é arrumar a casa, não acham? A solução que eu encontrei pra que fique tudo no lugar, é não bagunçar, rs, mas como? Parece uma tarefa impossível, não é? Mas nem tanto, basta seguir algumas dicas.

Primeiramente, assista esse vídeo, que mostra como deixar tudo muito organizadinho:



1- Tudo em seu lugar: Essa é a regra do tirou guardou, é importante não deixar coisas espalhadas, como o pote de sal ou as tampas das panelas. Então se tirar do lugar coloque de volta na mesma hora. Deixar para depois nunca da certo. Acabar de usar uma coisa antes de começar a fazer outra ajuda muito na hora da arrumação. Se você pegar um pote de açúcar, por exemplo, deve levá-lo de volta ao mesmo lugar antes de começar a usar outro ingrediente. Não acumular objetos soltos pelo ambiente ajuda muito a manter a organização.

2- Listas: Coloque listas pela casa (pode ser na geladeira ou no quarto das crianças, por exemplo) com os afazeres de cada um, ou marque sorteios semanais para definir quem vai ficar com qual tarefa.

3- Mapa Mental: Assim que organizar sua cozinha, crie um mapa mental para não bagunçar mais e se desejar coloque pequenas etiquetas nas portas com o que tem lá dentro, assim quem morar com você sabe onde guardar cada coisa.

4- Desapego: Provavelmente você sempre que pode traz um pote novo para casa, por isso pratique o desapego e jogue fora panelas, potes e talheres velhos pelo menos 1 vez por mês. Armazenar muitos utensílios inúteis no armário é um desperdício de espaço valioso na cozinha. Além disso, procurar muito tempo uma panela atrasa a refeição e é uma fonte de estresse.

5- Descartáveis: Potes como os de sorvete, manteiga são descartáveis não acumule esse tipo de material, leve para a reciclagem eles vão ser muito mais úteis lá.

6- Não deixe acumular: Manter a ordem é algo que se faz todos os dias. Não adianta bagunçar a casa durante toda a semana e querer organizar tudo em um dia só. O ideal é não deixar nada acumular: louça para lavar, copos pela casa, etc.

7- Caixas para organizar são sempre uma boa ideia: É importante identificá-las por fora, dizendo o que há dentro, assim você não precisa abrir a caixa para descobrir. Evite a palavra "diversos", pois você terá de abrir a caixa de qualquer forma.

8- Armazene com lógica: Os materiais e utensílios que você costuma utilizar ao cozinhar, como o porta-temperos e as panelas devem ser deixados próximos ao fogão. Pratos e copos, por sua vez, devem ficar próximos à mesa, assim como os panos de prato devem ficar ao lado da pia. Cuidado! Não deixe panelas debaixo da pia, pois este é o ambiente mais sujeito à umidade, propício à formação de fungos e bactérias.

9- Depois que organizar o local, não troque os utensílios de lugar: Depois de escolhido o lugar de cada utensílio é bom não se esquecer de guardá-los nos locais certos. Não há nada pior do que o famoso lugar provisório. Isso pode levar toda a arrumação da cozinha por água a baixo.

10- Os perigos da pia de louças: Ela é feita para limpar, mas a esponjinha de lavar louças é o objeto que vira foco de bactérias na cozinha. Ao limpar pratos, talheres e panelas, por exemplo, ela também acumula fragmentos de alimentos e gordura, que junto com a umidade, acabam se transformando no lar ideal de microrganismos. Quem não foge a isso também é o pano de secar a pia. Como são agregadores de bactérias e fungos, os dois utensílios deveriam ser descartáveis. Mas, como não é bem assim que funciona, a dica é higienizá-los bem, com sabão e água quente, e esperar que sequem para guardá-los em local seco e limpo. Porém, mesmo que a esponja e o paninho sejam higienizados, a troca precisa ser periódica. Eles devem ser descartados quando a sujeira não puder ser removida ou antes de começarem a despedaçar.